Investir em energia solar - Elysia sistema fotovoltaico Osório

Empresa de Osório aumenta competitividade e fortalece marca ao investir em energia solar

Com sistema fotovoltaico composto por 56 painéis solares, Posto de Molas Brage decide investir em energia solar e vai economizar cerca de R$ 24 mil com energia elétrica só primeiro ano

Em Osório, no litoral norte gaúcho, o Posto de Molas Brage não poupou esforços para entrar de vez na era da sustentabilidade. Desde julho, a empresa produz sua própria energia a partir de um fonte limpa e renovável: a luminosidade do sol. Com projeto técnico e instalação da Elysia, foram instalados 56 painéis solares na sede da empresa. Os módulos são responsáveis pela geração média mensal de 2.240 kWh – o suficiente para dar conta de toda a demanda energética do Posto de Molas Brage.

Como funciona a energia solar? 

A decisão pelo começo da geração limpa de energia elétrica veio ancorada em dois aspectos considerados fundamentais pela empresa: a economia e o benefício ambiental. Para Cléber Silva, empresário e proprietário da Brage, a colaboração com o meio ambiente foi um fator determinante no momento da escolha pela energia solar. “Temos que fazer a nossa parte pela preservação do planeta. Só de produzir uma energia renovável, a gente já se sente bem, sabendo que estamos colaborando com a natureza”, comemora.

Faça um orçamento gratuito

De fato: a empresa, só no primeiro ano de funcionamento do sistema fotovoltaico, vai deixar de emitir 14.240 kg de CO2 na atmosfera – o que equivale ao plantio de 365 árvores.

Empresa deve economizar cerca de R$ 2 mil por mês na conta de energia 

Mas as vantagens não ficam restritas ao meio ambiente. Com a aquisição do sistema fotovoltaico, a Brage reduziu, em média, 95% do gasto com energia elétrica. De acordo com a projeção dos técnicos da Elysia, a economia deve ultrapassar os R$ 24 mil nos primeiros 12 meses de operação dos componentes fotovoltaicos.

Baixe o e-book inédito sobre energia solar

Curiosamente, até o primeiro contato com a Elysia, Silva desconhecia a tecnologia fotovoltaica. Por residir em Osório, terra da energia eólica, o empresário tinha mais intimidade com a geração de energia por meio do vento. Após o início das conversas com os profissionais da Elysia, no entanto, Silva descobriu uma maneira de inaugurar uma nova fase para o seu negócio. “Nunca tinha ouvido falar em energia solar, só eólica. Agora, por exemplo, estamos produzindo muita energia. Estamos, inclusive, fazendo crédito para os meses seguintes. Estou muito contente”, conta.

Elysia é referência em solução completa de energia solar

Como de praxe, a equipe de engenheiros da Elysia projetou um sistema fotovoltaico de desempenho maximizado. Isso significa que, mesmo em dias pouco ensolarados, os painéis são capazes de gerar uma quantidade energética satisfatória. O sistema idealizado pela Elysia tem potência de 19,04 kWp e ocupou uma área de de 114 m² do telhado da Brage. Pelo período de 25 anos, que é a projeção de vida útil dos componentes do sistema fotovoltaico, a empresa vai gerar sua própria energia e ficar despreocupada em relação aos futuros aumentos da tarifa de energia elétrica. 



ISSO PODE SER INTERESSANTE TAMBÉM:

Propriedade rural de Maquiné adere à energia solar e reduz a despesa com luz em mais de 90%

Continue lendo

, ,

Com investimento em energia solar, tradicional empresa de Porto Alegre praticamente zera gasto com energia elétrica

Continue lendo

, ,

Residência de Porto Alegre recebe 6 painéis solares e atinge a independência energética

Continue lendo

, ,

Sistema de energia fotovoltaica em Porto Alegre: casa vai economizar R$ 6 mil na conta de luz em um ano

Continue lendo