Blog

Guia: como preparar o seu imóvel para a energia solar

Imóvel para a energia solar - Elysia sistema fotovoltaico Porto Alegre Rio Grande do Sul
Se você está na fase de construção do imóvel e pretende gerar a própria energia futuramente, existem alguns detalhes que podem ser previstos no projeto. Estas dicas, abaixo, irão facilitar a instalação dos painéis solares. Siga este guia rápido para preparar o seu imóvel para a energia solar fotovoltaica.

–> Certifique-se de que há área suficiente

Veja se o seu telhado ou laje tem uma área livre de no mínimo 10 m². Dependendo da sua demanda de energia você pode precisar de mais área. Abaixo, uma tabela que pode servir como base. (lembre-se que estas áreas podem variar de acordo com o sistema de energia solar que você vai instalar na casa):

Área média ocupada por sistemas de energia solar para casas:

  • Potência de 1.5KWp: ocupa no mínimo 10.5m²
    Potência de 2.0kWp: ocupa no mínimo 14m²
    Potência de 3.0kWp: ocupa no mínimo 21m²
    Potência de 4.0kWp: ocupa no mínimo 28m²
    Potência de 5.0kWp: ocupa no mínimo 35m²
    Potência de 10.0kWp: ocupa no mínimo 70m²

Área média ocupada por sistemas de energia solar para armazéns e indústrias:

  • Potência de 50kWp: Ocupa aproximadamente de 400m² a 500m²
    Potência de 100kWp: Ocupa aproximadamente de 800 a 1000m²
    Potência de 1MWp: Ocupa aproximadamente de 8.000 a 10.000m²

–> Os melhores tipos de telhado

Os painéis fotovoltaicos são presos ao telhado através de um sistema de fixação. Cada tipo de telhado pede um modelo diferente. O sistema de fixação representa uma parte importante do orçamento e, por isso, o tipo de telhado deve ser levado em conta quando estamos preparando uma propriedade para receber energia solar.

1 – As coberturas de telha metálica, como as trapezoidais comum e termoacusticas, e as coberturas de telha tipo “shingle” são as melhores opções para instalar painéis fotovoltaicos. Essas coberturas facilitam a fixação e são superfícies seguras para instalação.

2 – As telhas de barro /concreto do tipo francês ou do tipo capa-canal são a segunda melhor opção. Elas requerem algum tipo de manuseio para instalar, mas nada que inviabilize a sua instalação.

3 – As telhas do tipo fibrocimento trazem alguns problemas no processo de instalação pois são frágeis e podem quebrar durante o processo. Geralmente elas pedem um sistema de fixação dos painéis independente das telhas.

4 – Por último, as coberturas planas como lajes e telhas pré fabricadas em concreto são uma ótima superfície para instalação. O sistema de fixação para as coberturas planas compensa a pouca inclinação do telhado para garantir que os painéis tenham melhor incidência solar.

–> A posição das placas solares

O angulo ótimo para produzir o máximo de energia com os painéis fotovoltaicos é face Norte, com um grau de inclinação igual ao da latitude. Na prática, você nem sempre vai ter a inclinação e direção perfeitas. Mas isso não é um grande problema. A perda da produção de energia é pequena.

–> Cerifique-se de que sua estrutura está dimensionada para a carga dos painéis

O painel fotovoltaico não é muito pesado. Quase todos os tipos de telhado e laje estão preparados para receber esta carga adicional. Mas, dependendo do tipo de estrutura, você pode precisar de um reforço. No geral, a carga adicionada é de aproximadamente 15kg/m2. Em telhados com coberturas metálicas, como telhas trapezoidais comum ou termoacústicas, o peso pode cair para 13.5kg/m². O peso vai variar principalmente com o tipo de estrutura de fixação que será utilizado.

–> Local de instalação do inversor solar

O inversor é um equipamento eletrônico. Portanto, é importante protegê-lo de umidade ou incidência direta da luz do sol. Quanto mais protegê-lo de intempéries, mais tempo ele deve durar. Também é importante que o inversor esteja perto do seu quadro de distribuição de energia. Isso vai facilitar a ligação na rede e também a manutenção. O acesso fácil também evita que o inversor fique atrás de móveis ou objetos.

–> Aterramento do sistema fotovoltaico

Todos os sistemas fotovoltaicos devem ser aterrados por uma questão de segurança. Tradicionalmente, os painéis são aterrados na estrutura e a estrutura à malha de aterramento da casa ou empreendimento. Portanto, deixe um ponto de aterramento no telhado onde os painéis serão instalados para facilitar o processo.
seta-more