Blog

Energia fotovoltaica na zona norte de Porto Alegre: residência economiza R$ 4 mil no primeiro ano

Energia fotovoltaica na zona norte de Porto Alegre - Elysia energia solar Rio Grande do Sul

A energia fotovoltaica na zona norte de Porto Alegre foi mais uma vez levada pela Elysia. Localizada no bairro Passo d’Areia, a residência que recebeu a instalação da Elysia, empresa especializada em energia solar, com sede em Porto Alegre, agora gera a própria energia que consome. Tudo de forma limpa e renovável, sem agredir os recursos naturais do planeta.

Com a instalação das doze placas solares, a casa se tornou uma referência sustentável na região norte de Porto Alegre. Já no primeiro mês após a instalação do sistema fotovoltaico, a conta de luz da família teve uma redução de 85%. Em um ano, essa economia significa uma poupança de R$ 4.150,00 – só em tarifa de energia.

Como funciona a energia solar? Entenda.

“Os doze painéis solares mais o inversor solar, que compõem o núcleo funcional do sistema, serão os responsáveis por gerar 100% da demanda energética da casa. Isso significa que a residência não depende mais do fornecimento de energia elétrica tradicional da concessionária. É uma independência energética literal”, explica Augusto Rech, sócio-diretor e responsável técnico pela Elysia.

Faça um orçamento gratuito.

Com mais de 80 instalações no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a Elysia é uma referência em projeto e instalação de sistemas fotovoltaicos na região Sul. Lançando mão de uma equipe técnica altamente qualificada, a empresa prioriza o atendimento personalizado ao cliente, com o cuidado milimétrica na instalação para que o sistema seja 100% eficiente.

Valorização do imóvel é significativa

Após a instalação, a família terá uma valorização significativa no imóvel. De acordo com pesquisas de mercado, a valorização pode chegar a 10%. Isso ocorre em razão de a residência se tornar independe energeticamente. gerando a própria energia de forma sustentável.

O uso da energia solar também tem um impacto ambiental importante. Só no primeiro ano de funcionamento do sistema fotovoltaico, a casa deixará de emitir cerca de 3;500 kg de CO2 na atmosfera. Trata-se de uma atitude de diminuição da pegada ecológica e de preservação dos recursos naturais do planeta.

Por meio de um aplicativo, a família pode acompanhar o funcionamento do sistema fotovoltaico em tempo real. O mecanismo traz diversas informações sobre desempenho do sistema, como a economia gerada. A ferramenta é, também, acompanhada pela Elysia. Caso ocorra algum problema, a equipe técnica da em´presa é deslocada até o local.

seta-more