Blog

Centro de Londres será totalmente abastecido por energia limpa

Londres sustentável - Elysia energia solar Porto Alegre Rio Grande do Sul

A zona histórica de Londres, no centro da capital britânica, oficialmente conhecida como Cidade de Londres, vai passar a funcionar somente com fontes renováveis de energia: solar e eólica. A iniciativa partiu da prefeitura da cidade, em parceria com a City Corporation (uma espécie de empresa pública, vinculada à prefeitura). Ambos realizaram o anúncio do projeto sustentável no início deste mês. A partir de outubro, os 2,9 km² do centro da cidade serão bastecidos por energia limpa.

Construção mais sustentável do mundo fica em Londres.

Diversos prédios da região irão receber painéis solares, além de aportes para construção de usinas e turbinas eólicas. Com isso, será eliminada toda a pegada de carbono dos seus edifícios. A energia gerada vai ser aproveitada, também, por imóveis de seis bairros de Londres. Além de dez escolas, três mercados municipais e os parques naturais de Hampstead Heath e Epping Forest.

Quer gerar a própria energia? Saiba como e faça um orçamento gratuito.

Ícones empresariais da região serão beneficiados com a ação. Entre eles, a Bolsa de Valores Londres, o Banco da Inglaterra, as seguradoras Lloyd’s e Aviva, a empresa de telecomunicações BT Group e a Unilever. A energia limpa também chegará à Torre de Londres, ao Tribunal Criminal e a Catedral de St. Paul.

Carros elétricos circularão na área central

Dentro da área metropolitana de Londres, os esforços ambientais vão integrar medidas para a redução das emissões poluentes. Entre elas, já se pode contar com a adoção de táxis e carros elétricos para as frotas de transportes públicos.

O Parque Nacional da Cidade também vai crescer o número de árvores ao redor da capital britânica. “Estamos sempre olhando para o impacto ambiental do nosso trabalho e esperamos ser um farol para outras organizações seguirem o exemplo”, afirmou Catherine McGuinness, presidente do Comitê de Política e Recursos da City of London Corporation.

seta-more